Ibmex - Consultoria Empresarial Jr

Contato:

Tel: (31) 4101-1121 &

(31) 9 9603 - 6644

comercial@ibmex.com.br

Endereço:

Av. Carandaí, 863, 2º andar - Bairro Funcionários, Belo Horizonte, MG 30130-060

Redes Sociais:

  • LinkedIn - círculo cinza
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo

Tenho dinheiro na mão, devo abrir um negócio?

Atualizado: 30 de Jan de 2019



Desculpe te decepcionar, mas essa pergunta não pode ser respondida com um simples “sim” ou “não”. A escolha por abrir o próprio negócio deve ser muito bem fundamentada, afinal, além do dinheiro gasto em um empreendimento, o que está em jogo é o seu futuro.

A seguir elencaremos 4 perguntas que irão te ajudar a descobrir se você tem o perfil empreendedor.


1. Empreender é para mim?


Você está disposto a abandonar o seu emprego, arriscar seu capital e trabalhar por 10, 12, 16 horas por dia, incluindo até mesmo finais de semana e férias, para fazer seu negócio dar certo?

Se você sonha em abrir o próprio negócio para poder ficar em casa ou viajando enquanto seus funcionários dão duro: desista.


2. Você tem ambição o suficiente?


Como dito no tópico acima, empreender exige enormes sacrifícios, muito além daqueles enfrentados em uma carreira tradicional. Portanto, é imprescindível que o empreendedor tenha fome por fazer acontecer.

Somente com uma vontade inabalável você conseguirá se manter firme quando as dificuldades chegarem.


3. Conhece o mercado em que vai atuar?


Ter conhecimento sobre o produto ou serviço que pretende oferecer, seus concorrentes e o

público-alvo que deseja atingir é essencial. Para aumentar suas chances de sucesso é fundamental se planejar muito bem, portanto opte pela criação de um plano de negócios para te guiar na implementação de seu projeto. Outra ferramenta básica muito importante para saber se posicionar no mercado é a Análise SWOT, importante para descobrir os pontos fortes e fracos do seu empreendimento.




4. Possui os conhecimentos técnicos necessários?


Tudo bem, o empreendedor não precisa executar todas as tarefas sozinho, mas é muito importante que você ao menos tenha conhecimentos básicos de finanças, contabilidade, vendas, marketing, logística, jurídico e gestão de pessoas (dependendo do seu setor de atuação). Isso se torna ainda mais necessário caso você não tenha um sócio para te

auxiliar.

Atualmente é fácil adquirir, na internet, conhecimento técnico sobre diversos assuntos relacionados a empreendedorismo. Plataformas de cursos online gratuitos como a Udemy, Udacity, Universidade Rock Content e várias outras estão a apenas um clique de distância!



Enfim, empreender é difícil e exige um alto grau de comprometimento.

Entretanto, não desanime. O empreendedorismo ainda é o melhor caminho para aqueles que sonham alto. Por meio dele você terá a possibilidade de:


> Retornos financeiros ilimitados;

> Autonomia e independência para colocar em prática suas ideias;

> Ser um gerador de empregos;

> Satisfação ao ver a materialização do próprio sonho;

> Ajudar a sociedade e o seu país com a oferta de seu produto ou serviço.


Para muitos, esses benefícios valem – e muito – o risco. Portanto, caso você se enquadre no perfil empreendedor, mergulhe de cabeça.



Quer abrir seu primeiro empreendimento?

Veja aqui como montar seu primeiro plano de negócios!



Luiz Felipe Salles

Consultor de Projetos da Ibmex