Ibmex - Consultoria Empresarial Jr

Contato:

Tel: (31) 4101-1121 &

(31) 9 9603 - 6644

comercial@ibmex.com.br

Endereço:

Av. Carandaí, 863, 2º andar - Bairro Funcionários, Belo Horizonte, MG 30130-060

Redes Sociais:

  • LinkedIn - círculo cinza
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo

Precificação de Produtos: entenda o que é e como fazer

Atualizado: 10 de Out de 2019

A precificação nada mais é que colocar preço ao seu produto ou serviço, mas não é tão simples quanto parece. É comum pessoas escolherem o valor de seus produtos apenas por “achismo”, com base no que elas acham correto, mas isso pode ter grandes consequências para o negócio. É muito importante saber dar preço aos produtos ou serviços oferecidos, com o intuito de evitar prejuízos financeiros e garantir a satisfação dos clientes.


O que é precificação?


A precificação é um processo que define o preço de venda de um produto ou serviço através de análises financeiras, estratégicas ou de marketing. A importância deste processo recai diretamente no futuro da empresa, o preço do produto ou serviço é o segredo entre o sucesso ou fracasso dele no mercado.


Por que fazer um processo de precificação?


O porquê mais lógico é alcançar um valor de lucro que seja competitivo no mercado. Além disso, saber precificar o produto serve como estratégia tanto de marketing quanto financeira.


Como fazer?


Os 3 principais meios de precificar um produto ou serviço, são a margem de contribuição, mark-up e pesquisa de preços. É necessário analisar o que melhor se encaixa no estilo de negócio, o que pode ser até fazer uma mescla dos métodos para atingir o melhor resultado.

Uma dica! Antes de dar início a qualquer um dos métodos, estabeleça de forma clara os custos e despesas da empresa, desse modo os cálculos são facilitados e fica mais claro entendê-los.


Margem de contribuição:


Margem de Contribuição (MC) é um valor que indica quanto dinheiro sobra, em cada processo de venda, para cobrir os custos fixos. A partir desse dado, podemos estabelecer metas de vendas para alcançar o ponto de equilíbrio ou gerar lucro.



Para calcular a Margem de Contribuição, é preciso definir previamente os custos e despesas variáveis da empresa, para, então, definir quais são os custos fixos.

Para isso, siga o passo a passo:

  1. Definir Custo Variável e Despesa Variável, assim como Custo Fixo.

  2. Recolher dados sobre resultados de vendas (número de vendas e valor arrecadado).

  3. Utilizar a fórmula para descobrir a margem de contribuição.

  4. Analisar valor encontrado comparando com o custo fixo.


Markup


O Markup é um índice baseado no custo de cada produto, tal que o preço de venda cubra todos os custos e gere lucro. O valor encontrado, ao ser multiplicado pelo custo do produto, indica o valor de venda da mercadoria. Desse modo, o comerciante tem segurança para conceder descontos aos clientes e, ainda assim, cobrir todos os seus custos e obter lucro. Para calcular o Markup é importante definir o valor percentual das despesas fixas e variáveis (%DF; %DV) e definir a porcentagem de lucro (%L). Depois disso, é só jogar na fórmula:


MKmultiplicador = 100 / 100 – (%DV +%DF +%L)


Este é o valor que deve multiplicar o custo e assim você terá uma estimativa do valor do preço do produto ou serviço.

Pesquisa de Preço


A pesquisa de preços é o método de precificação que realiza um levantamento dos preços praticados pelos concorrentes e, em base a isto, definir o preço a ser utilizado nos produtos da empresa. Mesmo sendo, teoricamente, o método mais simples de se fazer, existe um perigo na hora colocá-lo em prática.

Para poder aplicar esta metodologia e alcançar resultados confiáveis, é importante entender bem quem compõe a concorrência. Um exemplo disso é pensar que mesmo vendendo serviços similares, um microempreendedor dono de um armazém não pode considerar como concorrente um hipermercado. Para uma pesquisa eficiente, é preciso levar em conta aquelas empresas que fornecem o mesmo serviço ou produto que você, têm o mesmo público-alvo e estão na mesma zona geográfica.


Concluindo


A importância da precificação está justamente em alcançar os objetivos financeiros no processo da venda, por isso deve ser realizada com seriedade. Todos estes métodos apresentados são bons e eficientes, porém o resultado de um, por si só, pode as vezes não ser tão certeiro. Com isso recomendamos a aplicação de mais de um deles em cada caso para poder depois comparar os resultados e chegar no valor mais correto.


PRECIFICAR NÃO É ACHISMO, e sim uma ciência exata, por isso fazer um levantamento correto dos dados é indispensável na hora de fazer as contas, lembre-se disso.


Lorenzo Isaia

Consultor de Marketing