Ibmex - Consultoria Empresarial Jr

Contato:

Tel: (31) 4101-1121 &

(31) 9 9603 - 6644

comercial@ibmex.com.br

Endereço:

Av. Carandaí, 863, 2º andar - Bairro Funcionários, Belo Horizonte, MG 30130-060

Redes Sociais:

  • LinkedIn - círculo cinza
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo

Gestão de Estoque: como fazer de forma eficiente

Atualizado: Jan 27

O estoque é um dos setores mais sensíveis de uma empresa, mas também é um dos mais esquecidos entre os gestores e empreendedores, frequentemente por falta de conhecimento.



Estoque cheio significa dinheiro parado. É o capital de giro, que poderia ser utilizado para resolver problemas ou buscar novas oportunidades, que fica estagnado.

Uma gestão de estoque ineficiente causa diversos prejuízos como a perda de vendas por falta de produtos, o comprometimento de espaço físico, e a liquidez do capital de giro.

Além desses, o controle do estoque mal executado gera diversos outros problemas menores como o atendimento ao cliente sem qualidade, mesmo quando a sua empresa possui todos os itens demandados, também possibilita o cometimento de fraudes e desvios e pode ocasionar a compra de produtos em duplicidade.

Dessa forma, podemos perceber que existe uma relação direta entre o controle de estoque e a saúde financeira do negócio.

A tarefa de controlas o estoque não é fácil, mas existem métodos e ferramentas que ajudam bastante e contribuem para tornar mais eficiente essa atividade.


O que é uma gestão de estoque eficiente?


É aquela que garante que os produtos adquiridos serão suficientes para atender as demandas da empresa e do mercado. É importante encontrar o equilíbrio entre demanda e sobra, para evitar que o capital investido fique parado, mas que haja produtos suficientes para atender aos pedidos dos clientes.

O bom gestor consegue prever a demanda do período seguinte e se prepara para atendê-la, mantendo um número de produtos em estoque para segurança, mas sem comprometer os recursos financeiros.

É preciso analisar o histórico de vendas, criar uma estratégia realista e adquirir os produtos certos.

O controle de estoque também é importante para planejar ações estratégicas da empresa e obter previsibilidade, antecipando o período de novas compras e garantindo melhores condições de negociação com os fornecedores.


Como fazer a gestão de estoque eficiente


Apesar de toda a importância dessa função, não é possível negar que a atividade demanda muito esforço e tempo, além de atenção. O método antigo, que exigia uma pessoa estivesse disponível diariamente para acompanhar e gerenciar toda entrada e saída de produtos, é impensável nos dias de hoje.

Utilizar ferramentas tecnológicas que auxiliam esse controle é essencial para otimizar o tempo e garantir que as informações estão corretas. Uma dessas ferramentas é o software de gestão, que ajuda a organizar as informações, acompanhar alterações, prever necessidades de compras e analisar o fluxo de saída de produtos.

Um sistema ERP facilita a verificação eficiente de dados, ajudando também na tomada de decisões.

Passo a passo para o controle de estoque:


1. Faça um inventário

O primeiro passo para qualquer controle e identificar o que já está em estoque. Faça uma lista com todos os produtos e quantidades. Se houver produtos perecíveis, informe também a data de validade de cada um.


2. Insira essas informações obtidas em um sistema de controle de estoque

Nem pense em deixar tudo no papel. O ideal é automatizar todas as entradas e saídas de produtos para assim garantir que o controle será eficiente e que a localização dos produtos será rápida.

Se você utilizar um software de gestão empresarial todo o processo de vendas, compras e controle do estoque poderão ser realizados automaticamente, sendo necessário apenas acompanhar as movimentações. Além disso, um ERP permite que sejam gerados relatórios personalizados que facilitam a visualização da empresa por completo, contribuindo para a tomada de decisões importantes.

O módulo de controle de estoque também permite que sejam configurados alarmes de nível, que avisam quando um produto está com nível baixo e precisa de reposição.


3. Treine os colaboradores

A sua equipe precisa estar preparada para utilizar o sistema de gestão e também para executar as atividades da maneira correta. Ter uma pessoa responsável pelas verificações e acompanhamentos é fundamental para garantir a sua eficiência.


4. Conheça as opções de modelos de estoque e escolha o mais adequado

Em geral existem 3 modelos de controle: o mínimo, que divide em principal e reserva e utiliza o segundo após o primeiro finalizar, o modelo Renovação periódica, que atende a demanda em quantidade mínima em períodos predeterminados até a reposição, e o modelo fim específico, que contempla uma necessidade predeterminada, muito utilizada em eventos específicos ou promoções.


5. Otimize o estoque

Deve ser encontrado um ponto de equilíbrio, sem falta ou excessos.


6. Estabeleça uma margem de perdas e danos

Em alguns momentos haverá perdas, mesmo com uma gestão eficiente, por isso é fundamental definir um limite de perda e tentar se manter nessa meta.


7. Promova os produtos parados

Itens parados devem receber uma atenção especial. Você pode fazer descontos ou promoções para fazê-los sair do estoque e disponibilizar mais capital de giro.


Com essas dicas, certamente a gestão do seu estoque se tornará mais eficiente. Coloque-as em prática e aumente a lucratividade e o crescimento do seu negócio.


Escrito por GestãoClick