• Redator Ibx

Gestão de Mudanças: o que é e quais os benefícios?

Permanentemente o homem, a sociedade, a natureza e o mundo, de uma forma geral tem a necessidade de mudar e de aderir novas diretrizes que nos ajudam a administrar nossas vidas e mantermos em evolução. É nesse contexto que é introduzida a Gestão de Mudanças, que é a aplicação de um processo sistematizado e de diversas ferramentas que auxiliam liderar o lado humano da mudança para alcançar metas ou objetivos do negócio.

Ademais, ela trabalha com todos os níveis e segmentos da empresa com a finalidade de prepará-los para as mudanças em cadeia, começando no indivíduo até a organização como toda. Portanto, uma das características desse modelo consiste na maneira com que a equipe é afetada por um processo de transição organizacional.


Como ocorre a implementação da Gestão de Mudanças?


Inicialmente, é feita uma análise a respeito setor ou parte da equipe vai ser impactada. Em seguida, é realizado um mapeamento das expectativas e necessidades do grupo envolvido, e assim, desenvolver melhores estratégias para engajar as pessoas no projeto e prepará-las para o futuro.

Na segunda etapa da Gestão de Mudanças é realizada a capacitação, onde o papel do gerente de projetos é fundamental, essa etapa deve ser valorizada e realizada com excelência, caso contrário, corre-se o risco de o projeto fracassar. Todos os colaboradores precisam estar prontos para o momento da mudança e ter clareza de suas funções e caminhos a seguir.

A última etapa é a realização de novas ações e demandas, como por exemplo, a compra de alguns equipamentos, a incorporação ou desligamento de pessoas, a implementação de um espaço físico ou mudança na estrutura da organização. Dessa forma, essa fase permite antecipar possíveis situações que poderiam ser vivenciadas apenas quando a mudança fosse implementada de fato.

A comunicação é um fator preponderante ao se implementar a Gestão de Mudanças. A equipe precisa entender os motivos, benefícios e consequências da mudança, sentindo-se parte dela, alinhada e consequentemente engajada.

Porque? Para que? Como? Quem? Quando? São alguns dos questionamentos que precisam estar claros para todos.

Você quer ter ter uma comunicação mais efetiva? Através da reunião de análise gratuita é possível organizar seus processos e fazer um planejamento para o seu negócio!



A necessidade de otimizar a produção é uma filosofia enraizada no sistema produtivo e vem crescendo desde a revolução industrial até os dias atuais. Nesse contexto, um exemplo que comprova esse fato é o surgimento da Engenharia de Produção, uma ciência relativamente nova que tem como principal objetivo a produção, implementação e operação de projetos. Ademais, ela busca a melhoria e potencialização de sistemas produtivos, ou seja, o constante estudo de mudanças que otimizem a produção como um todo.

Portanto, estará cada vez mais presente em nossa sociedade, e principalmente nas organizações empresariais, a necessidade de adaptação, flexibilização e alteração, com intuito de otimizar os recursos e/ou serviços buscando a eficácia e a perenidade no mercado.

O novo muitas vezes está relacionado ao medo e a resistência, o que é natural do ser humano, mas é importante dar oportunidade e espaço para diferentes e novos modelos, mais eficientes e que possam aprimorar processos, serviços e bens de uma estrutura ou instituição organizacional.

O objetivo e o desafio da gestão de mudanças, através de métodos, ferramentas e estratégias, é tornar esse processo algo natural e aberto, onde o novo, a mudança, a inquietude, passam a fazer parte da cultura organizacional da empresa. Por esse motivo, os colaboradores precisarão de apoio e conhecimentos para, muitas vezes, atualizarem ou modificarem a forma de trabalho e consequentemente tendo mais chances de sucesso.


Por que aderir a Gestão de mudanças?


Levando em consideração esse intenso dinamismo da sociedade é de suma importância as pessoas estarem preparadas para mudanças. Nesse contexto, a Gestão de Mudanças foi introduzida nas organizações, com objetivo de preparar os indivíduos para receberem e se adaptarem rapidamente a um novo modelo, sem causar desorganização no sistema. Desse modo, a produtividade não é reduzida, podendo ser muitas vezes aumentada, sem efeitos negativos drásticos, além de aumentar a probabilidade de sucesso dos projetos de crescimento nas organizações.


Quais os benefícios da Gestão de Mudanças?


Para que um indivíduo, equipe ou organização se beneficie completamente de uma mudança e atinja todo seu potencial é de suma importância identificar e compreender todas as etapas do processo de mudança, ou seja, um dos principais benefícios é o aproveitamento total do potencial da organização e da futura mudança.

Entre muitos benefícios, é possível destacar o melhor alinhamento entre a equipe e os atuais objetivos, além de um aumento da produtividade em decorrência da agilidade, que também facilita a identificação e administração de resistências. Dessa forma, elas poderão ser trabalhadas e mitigar os riscos e consequências negativas.


A necessidade de mudança:


Geralmente, a necessidade de mudança vem devido ao surgimento de problemas ou oportunidades específicas para as organizações se tornarem mais competitivas e eficientes.

Após identificar as mudanças e quais as metas e objetivos que se pretende alcançar com elas, é necessário determinar as consequências que essas alterações podem trazer para a organização.

Por isso, deve ser estudado os efeitos em cada setor e como ele afeta o todo. Após esse diagnóstico fica mais fácil identificar onde deve começar o treinamento e suporte da Gestão de Mudanças.


Pesquisa Prosci:


De acordo com o artigo da empresa PROSCI, “O que é Gestão de Mudanças? (2019) estamos imersos em um mundo de constante mudança e há tendência de aumento no número delas nos próximos 2 anos. Essa pesquisa também aponta dados dos últimos oito anos, nos quais é demonstrado que as iniciativas com gestões de mudanças, feitas com excelência, são seis vezes mais propensas a alcançar os objetivos e as metas, se comparadas a aquelas com gestão de mudanças de baixa eficácia.

Ademais, cerca de 96% dos projetos que aplicam abordagens estruturadas de gestão de mudanças alcançaram ou ultrapassaram seus objetivos. Em oposição, apenas 16% dos projetos com a gestão de mudanças pouco eficaz conseguiram o mesmo resultado, corroborando com a argumentação e análise de cenário descrita.

Dessa forma, conclui-se que a mudança é algo inevitável nos dias de hoje e de forma cada vez mais rápida, intensa e complexa, sendo papel das empresas se prepararem para acompanhar esse ritmo. Com essa finalidade, a gestão de mudanças é fundamental, pois propicia embasamento científico através de métodos e processos, sem esquecer do principal ativo de uma empresa, o seu capital humano.

Fazer das mudanças não é um problema, mas uma oportunidade de crescimento, qualificação e de obtenção de melhores resultados.

A Gestão de Mudanças realizada com excelência, nesse cenário cada vez mais competitivo, contribui para o alcance dos objetivos, resultados e propósitos das empresas e para nós, administradores, uma excelente ferramenta de gestão. Portanto, são justamente aquelas empresas nas quais há uma Gestão de Mudanças estruturada que vão se diferenciar no mercado, que está cada vez mais competitivo.


Luiza Lara,

Consultora de Projetos



Ibmex - Consultoria Empresarial Jr

Contato:

Tel: (31) 4101-1121 &

(31) 98484-1703

comercial@ibmex.com.br

Endereço:

Av. Carandaí, 863, 2º andar - Bairro Funcionários, Belo Horizonte, MG 30130-060

Redes Sociais:

  • LinkedIn - círculo cinza
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo