Ibmex - Consultoria Empresarial Jr

Contato:

Tel: (31) 4101-1121 &

(31) 9 9603 - 6644

comercial@ibmex.com.br

Endereço:

Av. Carandaí, 863, 2º andar - Bairro Funcionários, Belo Horizonte, MG 30130-060

Redes Sociais:

  • LinkedIn - círculo cinza
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo

Estratégias para micro e pequenas empresas: o que você precisa saber

Atualizado: 24 de Set de 2018


Estatisticamente, mais da metade das micro e pequenas empresas abertas no Brasil fecham as portas nos primeiros dois anos de funcionamento. Isso ocorre em grande parte por falta de planejamento e de acompanhamento dos resultados.


É aí que entram as métricas.


Métricas são conjuntos de parâmetros que facilitam a gestão de um negócio. Alguns exemplos comuns de métricas para grandes e pequenas empresas são o Ticket Médio, o Retorno sobre Investimento (ROI) e a Quantidade de Negócios Fechados. Com elas, pode-se medir (com números!) as questões que comandam um empreendimento.


As vendas caíram ao longo do semestre? O investimento em marketing deu o retorno esperado? Os clientes leem seus e-mails? A análise das métricas responderá.


Sem definição de boas métricas não é possível identificar possíveis problemas e conseguir traçar planos concretos para resolvê-los. Além disso, os objetivos da organização ficam reféns de análises rasas e informações incoerentes com a realidade do negócio.



Mas apenas definir boas métricas não é o suficiente: a partir da análise dos números que cercam seu negócio, é hora de traçar estratégias.

Uma boa estratégia é determinante para o sucesso a longo prazo e só é possível se houver um conhecimento da situação de todas as áreas da empresa, visto que estão interligadas e trabalham por um propósito comum.

Se o setor de vendas não está conseguindo avançar com as negociações, talvez a chegada de clientes não esteja qualificada para os serviços da empresa e a equipe de marketing precise alterar as estratégias de promoção da marca.


Por outro lado, o preço oferecido pode estar acima do preço dos concorrentes e somente

um diagnóstico financeiro pode entender onde estão os maiores gastos e como é possível reduzir os custos de operação, diminuindo o preço final do produto.


Logo, para que a estratégia traçada seja ideal para o crescimento da sua empresa, é necessário que se conheça a influência que cada área tem sobre as outras (um mapeamento de processos pode ser a solução ideal para isso).



Definir o que é importante de ser medido, entretanto, nem sempre é tão fácil e muitas empresas podem focar os esforços em métricas que não necessariamente irão oferecer as melhores informações.


Primeiramente, é preciso entender a diferença entre objetivos e metas, e onde exatamente entra a mensuração de resultados.


Os objetivos são tudo aquilo que se pretende alcançar, como aumentar o faturamento da empresa ou lançar um novo produto no mercado.


Já as metas são os objetivos com prazos e métricas bem definidas, como, por exemplo, dobrar o faturamento da empresa dentro de 12 meses ou vender 1000 unidades do novo produto nas próximas 10 semanas.



No caso de micro e pequenas empresas, é interessante que sejam definidos quais os objetivos principais da organização e que, a partir deles, sejam identificadas quais ações dentro de cada área contribuem para o alcance desse objetivo.


Assim, a definição dos resultados a serem medidos nos diversos setores da organização ficará mais clara, contribuindo para uma definição de metas alinhada com a estratégia da empresa.


Não sabe quais métricas utilizar em seu negócio?

Nossos parceiros da Endeavor escreveram aqui sobre alguns indicadores que podem ser a chave do crescimento da sua empresa.



Clara Valadares

Consultora de Projetos da Ibmex