• Redator Ibx

Conheça o conceito básico de Funil de Vendas!

Atualizado: 31 de Out de 2019

Você já se deparou com este nome ao ler publicações sobre marketing e vendas? O Funil de Vendas é um conceito muito importante no cenário atual de negócios e ajuda as equipes de uma empresa a melhorar seus resultados comerciais!



Antes de começar a falar sobre o assunto deste artigo, precisamos entender muito bem dois conceitos importantes relacionados ao assunto: o Outbound Marketing e o Inbound Marketing.


O Outbound Marketing é uma técnica que consiste em ir atrás de seus clientes através de propagandas em geral sobre um produto ou serviço. Alguns exemplos de ações de outbound comuns são: outdoors, propagandas na TV/redes sociais, folhetos e etc.


Já o Inbound Marketing funciona de forma contrária. Seu objetivo é fazer com que possíveis clientes cheguem à sua marca através da produção de conteúdos relevantes e que indiquem a solução de um problema. A partir do momento que uma pessoa tem um conflito e se interessa pela solução, ela passa a pesquisar quais marcas podem a ajudar e, desta forma, acaba por encontrar a empresa que melhor atende suas necessidades. Um exemplo de Marketing Inbound muito recorrente é a produção de artigos para blog (como este que você está lendo!).



Pronto! Agora podemos voltar ao tema central deste artigo.



O funil de vendas é uma ferramenta do Inbound Marketing. O seu objetivo é guiar o time de marketing de uma empresa durante a criação de uma plataforma de materiais relevantes e que busquem atrair clientes para os seus produtos ou serviços.


O formato de funil indica o foco da estratégia, que é "selecionar" o possível cliente, guiando-o em sua jornada de compras até o momento de fechar o negócio.


O time de marketing deve se atentar para produzir conteúdos que estejam de acordo com os momentos em que os compradores se encontram nesta jornada. Estes momentos podem ser divididos em três, o topo, o meio e o fundo do funil, explicados a seguir:


Topo


Esta é a etapa inicial, em que o autor dos posts deve se preocupar em fazer com que o nome de sua marca se torne cada vez mais conhecido. Para isto, ele precisará criar o maior número de conteúdos relevantes e abordá-los de maneira mais genérica, instigando o interesse dos leitores a buscarem saber mais sobre o assunto em questão. Neste momento o leitor ainda não deseja contratar nenhuma empresa. Ele apenas identifica que precisa solucionar um problema.


Meio


Nesta etapa, o número de interessados sobre o assunto diminui. Os leitores começam a considerar uma solução para o problema.

Então, o time de marketing deve produzir menos conteúdos que na etapa anterior, mas eles devem abordar um tema de maneira mais específica e ainda criar formas de contato com os seus leitores. Ou seja, sinalizar para eles que você pode tratar o problema de maneira ainda mais pontual.


Fundo


Esta é a última etapa do funil de vendas. Os consumidores desse tipo de conteúdo costumam ser mais interessados em buscar uma solução definitiva ao contratar um serviço ou comprar um produto.

Este é o momento de oferta do que você oferece. Pode-se produzir um baixo volume de conteúdos, mas eles precisam ser ainda mais específicos que nas etapas anteriores. Outro fator importante é coletar o máximo de informações sobre o cliente, para que o seu processo de convencimento seja melhor. Isto pode ser feito através da criação de uma Persona.


Deseja alavancar os resultados comerciais de sua empresa? Leia este artigo sobre Plano de Marketing e saiba como fazer um para sua empresa!


Marcus Vinícius

Consultor de Projetos da Ibmex

Ibmex - Consultoria Empresarial Jr

Contato:

Tel: (31) 4101-1121 &

(31) 98484-1703

comercial@ibmex.com.br

Endereço:

Av. Carandaí, 863, 2º andar - Bairro Funcionários, Belo Horizonte, MG 30130-060

Redes Sociais:

  • LinkedIn - círculo cinza
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo