• Redator Ibx

Como o estoque da sua empresa influencia no seu custo

Atualizado: Fev 6



Muitas vezes, de forma quase que intuitiva, é natural pensarmos que o estoque de uma empresa se reduz apenas à entrada e saída de mercadorias e que essa é uma área isolada dentro das organizações, sem muitas influências sobre outros setores. Pela construção da sentença anterior, imagina-se que não é bem assim, e de fato, estoques não são apenas fluxos de mercadorias dentro das empresas, e sim um departamento de extrema importância para o funcionamento da mesma.


Tendo em vista o aumento da competitividade entre as corporações, todas empresas almejam ter vantagens competitivas frente seus concorrentes. Se não é possível obter essa vantagem através da diferenciação ou até mesmo da qualidade dos produtos, uma boa gestão de estoque pode ser uma arma extremamente eficiente para o atingimento desse objetivo.


Mercadorias em excesso e mercadorias em falta são dois possíveis cenários extremos em que nenhum gestor gostaria de se deparar ao analisar o estoque de sua empresa. Um estoque com mercadorias demais significa um grande ativo imobilizado, muitas vezes um recurso parado que poderia estar sendo utilizado em outras atividades dentro da empresa. Esse problema é o que gera um dos mais importantes custos relacionados ao estoque, o chamado custo de oportunidade. Já o cenário contrário, um estoque com mercadorias em falta, também pode acarretar em grandes custos.


Se tratarmos de uma empresa comercial, que compra e vende produtos acabados, não ter mercadoria em estoque significa aumento do custo de vendas perdidas, isso reflete em quedas no lucro estimado, uma redução na margem de contribuição por conta de uma indisponibilidade de produtos. Além disso, não efetuar uma venda pelo fato de não ter o produto para exercê-la quando o cliente deseja, pode prejudicar a imagem da empresa frente aos consumidores, o que com certeza afetará outras realizações comerciais futuras.

Por isso, podemos afirmar que a gestão de estoque é extremamente importante no que tange o fluxo da empresa.


Desde produtos acabados para revendas até insumos básicos essenciais para a produção em uma indústria, todo o estoque deve ser estudado de maneira minuciosa e cuidadosa, a fim de melhorar as decisões estratégicas e minimizar os erros.


Benefícios de uma gestão de estoque bem feita:


- Otimização de recursos;

- Redução de desperdícios e custos;

- Melhoria no gerenciamento da rotina e aumento da qualidade no tratamento com o cliente;

- Maior integração nas áreas de atuação e aumento na produtividade.


As organizações estão investindo cada vez mais nesse processo, visto que as melhorias impactam fortemente os resultados de toda empresa. Mas nem todos desfrutam da possibilidade de investir de fato nos estoques, seja por meio de uma equipe qualificada e focada no assunto, ou mesmo na utilização de tecnologias de ponta, dada a complexidade dessa atividade. Apesar disso, existem diversas maneiras de fazer um bom controle de estoques. Seja por meio de planilhas ou software, a gestão do estoque é sempre um desafio, tendo em consideração a quantidade de variáveis que podem influenciar.

O controle de estoque é um tema complexo, mas se bem feito, irá melhorar, e muito, seus resultados.



Gustavo Gomes Gerente de Projetos

Ibmex - Consultoria Empresarial Jr

Contato:

Tel: (31) 4101-1121 &

(31) 98484-1703

comercial@ibmex.com.br

Endereço:

Av. Carandaí, 863, 2º andar - Bairro Funcionários, Belo Horizonte, MG 30130-060

Redes Sociais:

  • LinkedIn - círculo cinza
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo